Terreno Baldio Descuidado: Um perigo para os vizinhos!!!





Enviado por: Major Arnaldo



Proprietário de terreno baldio que não limpa a sua propriedade deveria ser tratado como criminoso. Explico o porquê.

         Todas as pessoas sabem que estamos vivendo um momento sério com relação ao mosquito da dengue. Todo ano enfrentamos vários casos e já tivemos várias mortes em nossa cidade por conta da doença. Da mesma forma, todo ano temos uma dezena de morte por leptospirose, uma doença causada pela transmissão de uma bactéria encontrada na urina do rato.  Eu mesmo há alguns anos, fui visitar uma funerária de um amigo, e quando lá cheguei fiquei impressionado, pois estavam lavando o corpo de um homem, pai de família, de 34 anos, morto no hospital de nossa cidade depois de 15 dias internado, sem que descobrissem a causa da doença.  Tratava-se de um homem aparentemente em plena forma física, saudável, forte, e que tão jovem perdeu a vida por causa dos ratos. Segundo informações, ao lado da sua casa havia terrenos baldios os quais os proprietários nunca limpavam. Nem precisa falar das aranhas, escorpiões e outros insetos nocivos a comunidade. Vivo preocupado com minha família, pois tenho filhos pequenos, e existem três terrenos baldios ao lado da minha residência que os proprietários insistem em não limpar. De vez em quando acabo me deparando com ratos dentro da minha residência. Fico furioso dedetizo a residência, mas depois de certo tempo eles aparecem de novo. Gasto mais com dedetização do que com o IPTU. E aí eu pergunto, cadê a consciência dos especuladores? Será que eles não acham que estão colocando em risco a vida das outras pessoas. Será que eles gostariam de ter do lado de suas residências um criame de ratos, mosquito da dengue etc.?  Por isto, eu digo, quem deixa terreno baldio sujo, criando ratos age com dolo eventual, pelo seu desleixo, e em caso de alguém morrer contaminado por uma dessas doenças, o proprietário do terreno baldio deveria responder por homicídio doloso, em vista do dolo eventual, ou seja, por colocar em risco a vida de outrem que sabe ou deva saber que está colocando em perigo.

Comente com o Facebook: